Suicídio entre jovens e as fotografias digitais

No dia 9 de  julho deste ano foi realizada na CECA - Comunidade Espírita Caminheiros do Amor o Domingo Cultural, evento realizado em parceria com a CEDAN – Casa Espírita Dr. Ailton Nogueira, tendo como palestrante Anete Guimarães e a presença de Elizabete Lacerda.

A palestra de Anete teve como base o tema sobre felicidade, depressão e suicídio. Dentro desse tema, foi comentado pela palestrante que atualmente o número de jovens que tiram a própria vida tem crescido extraordinariamente.

Anete, mostrou de forma didática que, conforme estudo realizado pelo cientista Daniel Kahneman, psicólogo que ganhou o prêmio Nobel de economia de 2002, a infelicidade entre crianças e jovens estava aumentando e atribuiu isso à câmera/fotografia digital.

A explicação vem que os mais velhos têm em casa recordações em álbuns fotográficos, em que são recordados momentos felizes, de casamentos, batizados, 15 anos e entre outros. As crianças e adolescentes daquela época, para se distraírem, olhavam aquelas fotos e aprendiam quem eram aquelas pessoas.

Aconteceu, então, a revolução da fotografia, permitindo infinitas possibilidades de fotos. E as crianças de hoje e até mesmo quem as guarda nunca mais olham. E quando a pessoa cresce já não tem mais interesse.

Daniel Kahneman então desenvolveu um método de revisão de memória: Ajudar a lembrar que as pessoas são felizes por meio de fotos e escrita. Ver essas fotos faz reviver momentos alegres e recordar a família, amigos, pessoas que se interessaram na sua existência, o que nossas crianças e adolescentes não têm atualmente. E eles precisam lembrar-se desses momentos únicos que tiveram e não somente os momentos ruíns.

A conclusão do cientista é que as crianças e jovens de hoje estão profundamente infelizes pois não se lembram desses momentos e não podemos ajudá-las, visto que todas as fotos estão na nuvem.

Em face disso, a coordenação da juventude desenvolveu um workshop de férias: Criar o próprio álbum de fotos. Os jovens tiveram que buscar em suas casas e junto da família fotos desde pequenos até a idade atual.

Foi uma experiência única! Eles trouxeram fotos da família, amigos, pessoas que conviveram com eles de perto. Contaram histórias, relembraram momentos e dividiram alegrias, lembraram-se dos nomes de quem convivia com eles, riram de fotos engraçadas e se sentiram felizes.

Para quem desejar assistir à palestra de Anete Guimarães na íntegra, basta acessar o link  https://www.youtube.com/watch?v=efrIWujmpUE&t=476s



Comentário

0 Comentários